em mais uma história sem início

naquele dia eu soube que iria me apaixonar.

seu olhar carinhoso e atento enquanto eu falava, e seu interesse absoluto pelo “discurso” acalorado sobre fotografia.
mulheres adoram quando o cara presta atenção.

e depois, o papo pra conhecer melhor, e toda a preocupção que veio em seguida. eu já sabia.

a forma de aproximação, bem informal, bem casual e tudo que se seguiu depois.
eu tinha certeza. estava apaixonada.

era o que eu queria e precisava.
atenção, carinho, cuidado e gentileza.

quanta gentileza.

as conversas infinitas pelo msn antes de dormir.
os emails gigantescos acumulados durante o dia.

é, não tinha como fugir. eu queria mesmo estar assim, queria ficar contigo.

e aí, o tempo foi passando, eu percebendo.
não era recíproco. era só um encantamento.

cansei. é bom estar perto, mas é ruim quando só eu quero estar.

me desculpe, não sei fazer isso.
sou mulher pra banquete, não pra lanchinho.

Anúncios

5 opiniões sobre “em mais uma história sem início

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s