ela voltou pra casa com aquela sensação gostosa de quero mais. ele ligou depois pra saber como ela estava. ela amou. tinha pensado em ligar, mas estava em dúvidas. mas ele se antecipou. era segunda, não marcaram nada. vão se falar durante a semana. ela ligou na quinta, ele não atendeu. ela, paranóica, começou a […]

outra sexta-feira.

ele ligou novamente. acertaram detalhes. ela foi ao seu encontro. ele sorriu. dessa vez estavam sozinhos, puderam conversar bastante. souberam coisas de si. ele a olhou com um olhar admirável, encantador. ela com cara de boba. foi pra casa pensando e sorrindo. parece que dessa vez o cupido acertou.

quinta-feira

ela desceu do ônibus e foi olhar a hora no celular. tinha uma chamada não atendida de um número privado. era o segundo dia, no mesmo horário que tinham ligado e ela não atendeu. estava com o mp3 alto, não ouviu tocar. ficou absurdamente curiosa. ontem pensou que era engano. mas hoje de novo. quem […]

sábado.

ela acordou e separou a primeira roupa que viu. mudou de idéia. queria usar amarelo. foi tomar banho sacudiu os cabelos e saiu. assim, de qualquer jeito. foi trabalhar. o dia passou rápido. após, iria visitar uma amiga. sua colega de trabalho dissuadiu a idéia. “vamos ao live earth. eu chamo ‘ele’.” “não gosto de confusão, […]

sexta-feira

eles foram apresentados numa noite. ambos se entreolharam, mas ela fingiu que não estava nem aí. bateu papo a noite toda, tá acostumada a ser o centro da atenção, ainda mais no seu aniversário. falou, falou e notou diversas vezes o olhar dele em sua direção. ela reclamou da fumaça de cigarro da “chaminé” da […]

pra começar.

há uns anos atrás eu tinha um blog. aliás, eu tinha 3. um pessoal, tipo diário, outro contando casos, e outro pra falar de outros. ‘cresci’, meu tempo foi tomado com outras coisas e aos poucos fui abandonando. esqueci a senha e perdi minha conta no provedor. outro dia resolvi criar outro. sei lá, um […]